Quarto montessoriano: até que idade é adequado?

Fonte: BLOG CASA TEMA

Ouvimos tanto falar em método montessoriano no quarto infantil que fica até difícil saber qual o tempo certo para começar ou parar de usá-lo. Quem nunca se perguntou ?quarto montessoriano, até que idade devo utilizar com meu filho??.

Todo mundo que conhece e se interessa pela metodologia quer mantê-la até o filho crescer e virar adolescente. Mas será que não existe uma faixa etária máxima para o montessori? Será que são os pais ou as crianças que determinam quando é a hora de trocar os móveis e a decoração do cômodo?

Se você tem essas dúvidas, não se preocupe! Elas são naturais entre os pais e viemos aqui para te ajudar. No post de hoje, você vai saber tudo sobre o quarto montessoriano: até que idade deve ser trabalhado e como deve ser o cômodo nesse método. Está curiosa, mamãe? Então fique ligada!



O que é quarto montessoriano?

Para entender o que é quarto montessoriano, precisamos, primeiramente, entender o que é o método montessoriano.

Trata-se de uma abordagem desenvolvida pela pedagoga Maria Montessori, cujo objetivo é estimular o crescimento dos pequenos, possibilitando que eles tenham independência e liberdade de decisão desde cedo.

De maneira geral, a intenção é trabalhar o desenvolvimento natural das habilidades físicas, psicológicas e sociais da criançada. Dessa forma, é bastante relevante para a criação dos pequenos, afinal, todos nós queremos que nossos filhos cresçam com um senso crítico e com autonomia, não é mesmo?

Você deve estar se perguntando como é que esse método pode ser aplicado no quarto infantil. A resposta é simples: montando um ambiente personalizado e adaptado especialmente para a criança, com móveis e objetos que estejam ao seu alcance.

De modo resumido, um quarto montessoriano é um quarto infantil projetado exclusivamente para as crianças. Nele, os móveis precisam estar dispostos de maneira acessível aos pequenos, por isso, são mais baixos ? para que tudo fique ao alcance e eles não precisem recorrer a um adulto.



Como montar um quarto montessoriano completo

O modo mais simples de montar um quarto montessoriano completo é aderindo a móveis desenvolvidos para essa metodologia. Veja os principais:

Mini cama montessoriana


A mini cama é um dos principais itens para os pais que buscam estimular a autonomia do filho desde os primeiros aninhos. Perfeitas para quando o bebê sai do berço, elas são baixinhas e permitem que ele suba e desça sem o risco de cair e se machucar, podendo transitar livremente pelo cômodo.

A mais famosa entre todas é a mini cama casinha, que é super charmosa e ainda ganha destaque como peça decorativa.



Beliche montessoriana


Essa é uma ótima opção para quem tem dois filhos que dividem o mesmo espaço e um deles é bebê. A parte de cima é destinada ao irmão mais velho e conta, muitas vezes, com um escorregador para começar o dia com mais diversão. A debaixo, é uma cama montessoriana tradicional, rente ao chão e com cerquinha para garantir a segurança do pequeno.



Organizadores montessorianos

Existem organizadores de brinquedos e objetos criados para essa abordagem que fazem toda diferença em um quarto. Encontramos opções mais adequadas para cada faixa etária mas, de forma geral, eles são baixinhos e possibilitam que a criança levante e pegue o brinquedo sozinha, sem precisar subir em um banquinho (correndo o risco de se machucar) e nem chamar a mamãe para ajudar.


Estantes montessorianas, prateleiras infantis e nichos são exemplos de organizadores que auxiliam a criança e ainda deixam o cômodo super charmoso.



Quarto montessoriano e a idade ideal

Ok, você já decidiu que vai utilizar o conceito montessoriano no quarto dos seus filhos, mas não sabe qual é a idade certa para iniciar ou abandonar. E agora? Veja só:

Quarto montessoriano de 1, 2 e 3 anos:

Do primeiro aninho até os 3, o método se mostra muito importante, visto que é uma das fases principais do desenvolvimento físico e psicológico do bebê. Nessa idade, o ideal é apostar em uma mini cama lúdica e segura, com grades de proteção lateral.



Quarto montessoriano de 4, 5 e 6 anos:

Nessa faixa etária já dá para retirar as grades de proteção laterais, se for manter a mini cama. Se o seu filho já estiver grandinho, você pode substituir por uma cama infantil levemente maior, mas, nesse caso, opte pela grade.


A partir dos 7 anos, as crianças já estão bem maiores. O melhor é optar por uma cama infantil, para que seu filho fique confortável em um leito adequado ao seu tamanho. Mas isso não quer dizer que você tem de esquecer o lado lúdico, ok?



Qual a idade de abandonar o quarto montessoriano?

Agora que entendemos qual o momento certo para começar, qual a idade correta para dizer adeus ao modelo montessoriano?

A pedagogia defende que não tem uma faixa etária específica para deixar o quarto montessoriano, a não ser no momento em que a própria criança demonstra a vontade de fazer a mudança.

Isso porque é na primeira infância que o método se apresenta mais eficaz, fase em que o pequeno desenvolve seus hábitos de autonomia e organização de maneira mais intensa.

Dessa forma, podemos concluir que, embora não haja uma idade certa para abandonar o modelo, é interessante estender até quando a criança pedir que seja feita uma mudança, pois assim você vai respeitar o tempo de crescimento dela.

Cada indivíduo tem um crescimento diferente, quando o método é aplicado desde os primeiros meses de vida, os traços de autonomia são firmados mais cedo.

Quer dizer que, quando os filhos atingem certa altura, a cama infantil pode ser trocada pela cama de solteiro, desde que não ofereça riscos.


Com os outros móveis do cômodo, acontece o mesmo: será que a criança teria altura suficiente para alcançar as divisões de um guarda-roupa de adulto? É necessário pensar em uma situação de acessibilidade, de modo que não prive a liberdade dela. Portanto, não tenha pressa de mudar o cômodo do seu filho. O quarto montessoriano é lindo e funcional e seu uso só tem vantagem. Espere ele crescer e ter uma altura adequada para montar um ambiente com móveis adultos, assim, você vai garantir conforto até o momento de transição da infância para a pré-adolescência.



Outras

Dicas

Dicas de decoração para espaços pequenos

Como trazer a natureza para o seu lar de forma simples?

Vantagens e desvantagens de uma cozinha em conceito aberto.